Planeamento Estratégico

Onde estamos? E para onde queremos ir? Como?


São sempre estas simples questões que constituem a base do Planeamento Estratégico.

 

O processo de Planeamento Estratégico possui características específicas, das quais fazem parte uma série de elementos que conduzem à atividade estratégica das organizações.

 

Os conceitos centrais como estratégias, meios e objetivos organizacionais, planeamento, níveis da estratégia e tomada de decisão – são apresentados e relacionados com o processo de Planeamento Estratégico.

 

Planeamento estratégico é um processo a partir do qual existe a determinação de quais os produtos e/ou serviços que a empresa vai oferecer, quais os segmentos de mercado a atingir e qual a dimensão geográfica da sua atuação.

 

A metodologia aplicada, na realização deste tipo de projeto, é uma vez mais de base científica, nos métodos e técnicas, e pressupõe um processo participativo que envolve todos os níveis de gestão da organização com a equipa da HDL.

 

As empresas não podem prescindir de um Planeamento estratégico. Há muitos temas que têm que ser planeados, coordenados e monitorizados simultaneamente que, se torna necessário adotar uma abordagem sistemática para aumentar significativamente as probabilidades de sucesso.


A dimensão da empresa, não é aqui colocada, já que as empresas pequenas e médias empresas só beneficiam com a adoção de ferramentas e processos de gestão formais, onde o planeamento e controle de gestão seja feito não apenas pelo seu dirigente.
 

A IMPORTÂNCIA DOS ESTUDOS DE REFLEXÃO ESTRATÉGICA

 

Quando falamos em Planeamento Estratégico, devemos parar para proceder a uma Reflexão sobre a Estratégia e, assim, observar as características precisas e mais evidentes de gestão, utilizando a intuição e criatividade, a fim de elaborar as novas ideias e conceber as intervenções baseadas em novas aprendizagens.


Mediante da especialidade e da especificidade de cada empresa é possível definir uma estratégica específica, partindo da direção geral, envolvendo a organização como um todo, para antecipar e orientar a ação.

 

Estes estudos apresentam informação muito relevante, numa lógica de base de, onde está hoje e para onde pretende ir, que à medida que aprofundamos o estudo se desdobra numa multiplicidade de fatores.

 

A noção de estratégia engloba os novos fatores da realidade económica onde a empresa se depara com uma diversidade de necessidades, pressão da concorrência, escassez de recursos, aceleração do ritmo das mudanças.

 

Na realidade, a definição de estratégias permite reforçar a consciência interna quanto aos alvos a serem alcançados e a coerência do comportamento dos colaboradores da organização.

 

Os Estudos de Reflexão Estratégica procuram integrar as motivações individuais numa lógica comum, não produzindo apenas discursos, mas também orientando comportamentos, atitudes e decisões em torno de um objetivo comum da organização: sobreviver/crescer através da criação de maior valor que seus concorrentes.

Pedido de mais informações

Estamos à sua espera!
Contacte-nos