Aumento do salário mínimo para 557 euros

 

"O projeto foi votado favoravelmente por todas e todos os ministros através de meios desmaterializados, tendo em conta a necessidade imperiosa de entrada em vigor do diploma a 1 de janeiro de 2017 e de respeito pela concertação social", lê-se no curto comunicado emitido pela Presidência do Conselho de Ministros.

 

O diploma aprovado será enviado para o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, "para efeitos de promulgação e entrada em vigor no dia 1 de janeiro de 2017".

 

Jornal de Notícias, 18/01/2017